domingo, 24 de fevereiro de 2008

Ó tu! Volta aqui...

Apetece-me escrever. Mas não encontro a Inspiração!
A Inspiração é uma criança.
Rabina, veloz, que corre e se esgueira por entre os meus dedos.
Perco sempre imenso tempo a correr atrás da Inspiração.

Corro,
Corro,
Corro,
Mas acabo por escorregar e caio!
Levanto-me, corro enquanto chamo por ela:
- Ó tu! Volta aqui.. Deixa-me contar-te um segredo. Não, uma história! Uma história de reis e pássaros falantes, de zebras riscadas e gatos malhados e elefantes azuis e grãos de areia esvoaçantes!
A custo, essa malandra e inocente criatura pára com a correria.
Aproxima-se lentamente da minha pessoa e acaba por sentar-se no meu colo, ofegante da cansativa luta travada para a sua captura...
Surgiu, lentamente, passo a passo, acabando desfalecida entre os meus braços, ouvindo as histórias des reis e dos pássaros falantes. E das zebras riscadas e dos gatos malhados. E dos elefantes azuis, e, por fim, dos grãos que esvoaçavam, levados pela brisa do sono profundo da criança ladina e estafada que adormecera sobre as minhas saias...

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Saudade Precoce...


Belisquem-me! Vais embora... Costumo dizer-te a brincar "Só assim vou lá passear...". Mas é claramente a minha forma de lidar com as coisas difíceis. A brincar. Já dei por mim a chorar com saudades tuas, a antever a despedida no aeroporto... Obviamente penso (e invejo-te) em todas as oportunidades que irás ter, o que irás ver, comer, sentir... Mas vais fazer-me falta como (felizmente) nunca ninguém me fez...


A minha confidente, a minha amiga, a minha companheira de aventuras, a minha melhor amiga... A minha prima! Vai voar por aí... À descoberta das nuvens e do céu azul... Nas rotas de uma vida cheia de aventuras e coisinhas giras... Com muita lagriminha pelo meio, certamente. Muita saudade do panito de torresmos da Avó, saudades da lareirinha e dos Domingos cinematográficos/lamacentos. Saudades das "All Night Long"... Dos festivais de Verão. Da lasanha do Lidl. Das melancias de 5kg, dos carapaus de Sábado. Das guitarradas, do restaurante vegetariano.


Das nossas conversas... Dos nossos segredos... Dos nossos planos MÓ! :)


Quero que contes sempre com o meu apoio para tudo o que decidires fazer da tua vida...


Minha querida, fofinha, cutxi-cutxi, priminha... Fly Emirates is waiting for you..!

Prometo que indo lá, levo umas comidinhas das boas...



"Here's Mónica Pinto, from Fly Emirates cabin crew... I hope you enjoy your flight!"
[ 1998 ]
Amo-te Prima Mónica.

Brisas...


Um vento repleto de sonhos, que provoca a dança das folhas da tremenda árvore do destino.
Destino injusto, envolvido em sensações como um som mágico inconfundível.
Um som das tuas mãos, um toque das tuas palavras.
O sussuro das folhas, a luz da lua no teu olhar.
O surgir da estrela no pleno céu azul.
No meu céu? Não, no NOSSO céu!
O céu do prazer...
E o vento acaricia levemente as pétalas do meu ser. E o vento transporta a música de ti.
E a música somos tu e eu.
A Lua e o Sol.
O Vento e as Pétalas.
A música somos Nós.
O teu toque ajeita-se com cada palavra tua.
E o nosso céu torna negro quando o dia acaba.
E o teu olhar já não reflecte a Lua.
E o Sol já não provoca o calor que tudo emanava.

sábado, 9 de fevereiro de 2008

Icógnita..

E nasce uma frase, só mesmo para encher o blog!
Vamos lá ver o que isto vai dar..