quinta-feira, 17 de abril de 2008

o Dia.

Olho distante para o Dia.
Dia distante, olhado por mim. E por ti.
Dia que dista de mim, como eu de ti.

Sento-me a olhar, o Dia, tão distante...
Dia que me distancia de tudo,
Apenas para chegar perto de ti.

Quero vivê-lo, feliz, alegre, tranquila,
Sem receio do medo da dor!
Plena. Plenamente!

Quero senti-lo esvoaçar na minha face,
Rosada. Quente. Alegre!

Quero distância dessa distância,
Que nos aproxima, desaproximando-nos...




















Sem comentários: