quinta-feira, 17 de julho de 2008

17.07

A vida é realmente um ciclo. Ainda há dias estava tudo bem, sentia-me feliz. Agora voltei à "depressão". Sinto-me perdida neste universo. No meu universo que agora é o cosmos dos lençóis, já é tarde...
Gostava de não sentir o peso que sinto no meu peito e de não me apetecer apenas aspirar músicas extremamente deprimentes. A minha banda sonora é neste momento Coldplay, Trouble, uma das músicas mais antigas da banda. Inicia-se com aquele piano que arrepia todos os infimos poros do meu corpo. Depois entra o Chris com a sua voz, que adoro. E pronto..
Relativamente ao mundo não sei. Não sei. E detesto não saber. O que fazer, talvez. Ou se calhar saber, até sei, não quero é aperceber-me dessa realidade. O que é suposto fazer agora?! Não sei. E por não saber, sei... Não sei lidar com a falta do teu abraço ou com a falta que me faz a tua voz. Está já tudo incutido em mim. Eras ou és parte de mim. Hás-de o ser sempre... Não quero saber lidar com a falta das palavras de boa noite. Ou com a falta da magia. Não suporto ter de tentar suportar a tua distância.
Agora que não quero ficar aqui a pensar nisso apetece-me ir também para aí, dar uma voltinha de avião, perder um em Bruxelas, sozinha, independente, desenrascar-me outra vez. E ficar um tempo longe daqui. Preciso de sentir a falta de tudo, não de ti. De tudo e todos. Quero mesmo ir. Quero ir ter com a Distância, quero que ela me leve. Já nem a música exerce o poder que exercia sobre mim...
Preciso de me recolher aos meus pensamentos, ganhar as minhas forças mais uma vez e tornar-me imune aos meus sentimentalismos. Quero ser racional, pensar antes de agir, tornar-me orgulhosa das minhas atitudes e coerente nas escolhas que faço. Preciso de um momento de reflexão... LONGE!

Sem comentários: