segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Rascunho 1

"Acho que me sinto inspirada. Digo acho porque não tenho a certeza se esta estranha inspiração não será fruto da bezana que carrego. Sinto-me leve, pela sheeshah que fumei. Quero estar contigo mas não sei se quero. Quero ouvir a tua respiração mas não sei se devo. Ao mesmo tempo mantém-se esta estúpida indecisão entre dois extremos totalmente diferentes e não sei se fico se vou. Se quero ou se não ambiciono. O que sei é que realmente nem sei nada.
Quero ter vontade para não ter medo e ganhar coragem e pensar no que realmente ambiciono da minha vida. Quero sair daqui.. Mas ainda me falta muito tempo."

22.12.2008

Sem comentários: